quarta-feira, 10 de agosto de 2011

O QUE VOCÊ APRENDEU COM SEU PAI?


Neste mês de agosto,com todas suas urucubacas,surge a data comercial,mesmo sabendo disso,todos são contagiados com a publicidade do Dia dos Pais e eu,não seria diferente,sinto uma dorzinha de saudade mais acentuada,as lembranças afloram e penso que eles deveriam ser eternos,para estarem ali para boas conversas,risos e carrancas quando preciso.
Do meu,lembro do passado sofrido,da educação rígida,do abraço forte,do cheiro de creme de barbear,do desodorante,dos cabelos bagunçados depois das cochiladas,das músicas que amava,dos sons que curtia,até da batida do funk,era versátil quando tratava de som musical,não de letra,neste caso,sua preferência era das antigas.Lembro das primeiras leituras que eu pegava escondido,as suas revistas em quadrinhos,sua farda linda e engomada,seus coturnos militares,para mim,exemplo de macho forte,de segurança.
Lembranças,lembranças... Quantas tenho e que para sempre serão somente lembranças.














Este é meu paizinho que se foi,mas deixou  boas lembranças e ensinamentos para mim e meus irmãos.







10  coisas que aprendi com meu pai:


1-Mesmo não sabendo sobre sua origem, ele me ensinou amar a família, é nela que teremos ajuda sempre.
2-Valorizar  e cuidar com carinho do que temos,por que tudo foi conquistado com luta.
3-Olhe ao redor com uma ponta de desconfiança,nada é totalmente bom.
4-O mais difícil de conseguir é o mais caro,portanto,o melhor.
5-Não queira ser sempre o valente,o cuidado de pai,o fazia repetir :”Mais vale um covarde vivo que um valente morto”.
6-O que é do outro,pertence somente a ele.
7-Saiba ser independente,pense sempre como você pode resolver seus problemas.
8-Adquira coisas que podem te ajudar,nunca bobagens que só ocupem espaço.
9-Viva o hoje intensamente.
10-Leia sempre,assim você será muito mais esperto que o outro.Acho que por ser semi-analfabeto ou semi- alfabetizado,deva ter se sentido menos que outros.

Adiantei esta postagem que deveria ser no domingo,para quem tem o prazer de contar com a sua presença e companhia,reflita sobre as diferenças que seu pai  e você,provavelmente têm,levem em conta as mudanças do tempo,do mundo e da vida. 
Tire umas horas de seu domingo ou outro dia que puder,se aproxime,abrace,peça desculpas se for preciso,beije com carinho e reconhecimento de sua importância na construção do caráter de um adulto e diga com o coração:TE AMO PAI!!!


Um comentário:

Anônimo disse...

You pretty much said what i could not effectively communicate. +1

My site:
rachat de credits rachatdecredit.net